EstudantesTF

Fórum para estudantes de Terapia da Fala


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

JORNADAS SOBRE GAGUEZ

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 JORNADAS SOBRE GAGUEZ em Ter Set 27, 2011 9:40 pm

Marta Marçal

avatar
Data: 22 de Outubro de 2011 – Sábado
Local: Coimbra – Auditório do POLO II DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA
Horário: 09h15 às 13h15 e das 14h30 às 17h00


Realizadas quatro edições das Jornadas sobre Gaguez cheias de êxito, a Associação Portuguesa de Gagos, com o apoio do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, vai organizar as 5 ª Jornadas coincidentes com o Dia Internacional da Gaguez que se celebra a 22 de Outubro.
As Jornadas de 2011 terão como mote a afirmação do direito à gaguez. Que aconteceria num mundo em que todos gaguejassem? Será que haveria gagos? Quem determina que um gago o seja? Uma maioria de não gagos! Nesta lógica pode colocar-se a questão do direito à gaguez, a afirmação pública da dificuldade por parte dos gagos e o reconhecimento institucional da gaguez, dos direitos das pessoas que gaguejam, ou pelo menos da sua não discriminação por parte das entidades oficiais. Estes serão passos decisivos e complementares para ajudar a viver com a gaguez. A assunção explícita desta dificuldade pode ser a pedra de toque para a diminuição do seu impacto e funcionar como forma de “empowerment” em termos sociopolíticos
A gaguez é uma perturbação da comunicação afectando cerca de 1% da população portuguesa, que, na sua maioria se isola, se feche em si própria, não procurando apoio, o que agudiza o problema. Será a gaguez um problema com dimensão clínica? É uma doença ou apenas uma possibilidade de ser? A gaguez afecta a qualidade de vida das pessoas que gaguejam e a dos seus interlocutores.
Por isso, a maior riqueza e o pioneirismo destas Jornadas é pôr os gagos a falar, a testemunhar e a partilhar as suas vivências/dificuldades, limitações, êxitos, formas e estratégias de ultrapassar o problema, quer com outros gagos quer com Terapeutas da Fala e outros Técnicos. Pessoas que sofreram e sofrem dia a dia com a gaguez isolando-se, pessoas que conseguiram “dar a volta por cima”, viver saudavelmente com o problema, sem às vezes saber bem como, e pessoas que deixaram de estar isoladas, que passaram por processos de intervenção terapêutica e, dessa forma vivem a vida de outro modo.
Infelizmente em Portugal são poucos os organismos de ajuda aos gagos para processos terapêuticos de ajuda a ultrapassar o problema, a ter uma vida social tão activa como das outras pessoas e a ter uma auto - estima um pouco mais elevada.
A missão da Associação Portuguesa de Gagos, activa desde 2005 e organizadora das Jornadas, como definida nos seus estatutos procura colmatar esta lacuna, ao pretender a “representação e defesa dos direitos e dos interesses das pessoas que gaguejam, bem como o apoio e divulgação de medidas preventivas e terapêuticas, prosseguindo prioritariamente objectivos de natureza social, cultural e reivindicativa conducentes à promoção e integração na sociedade”.
Junte-se a nós nestas Jornadas práticas e únicas em Portugal sobre a Gaguez
Objectivos:
- Espaço de partilha e de vivências de pessoas que sentem e vivem o problema de gaguez no dia-a-dia;
- Reflectir o direito à gaguez, na linha da afirmação pública da dificuldade por parte dos gagos e do reconhecimento institucional da gaguez e dos direitos das pessoas que gaguejam;
- Reflectir e discutir a terapêutica da gaguez;
- Espaço de reflexão e cruzamento multidisciplinar das terapias de ajuda/apoio à gaguez;
- Sensibilizar a sociedade em geral e os poderes públicos em particular para a necessidade de medidas de apoio às pessoas com gaguez;
Destinatários:
- Pessoas que gaguejam e seus familiares
- Professores e outros Educadores
- Profissionais, Técnicos e estudantes de terapia da fala
- Técnicos, Estudantes e Professores da área Terapêutica (Terapia da Fala, Psicologia, Psiquiatria, Medicina)
- Escolas
- Associações
- Outros interessados no tema
Pré - Programa:
09:15 - Recepção dos participantes
09:45 – Sessão de Abertura - intervenção de dirigente da APG
10:00 – 11:00 – Conferencia de Abertura – “la Desmedicalización de la tartamudez” por Cristóbal Loriente Zamora
Autor do livro “A Antropologia da Gaguez: etnografia e propostas”, no qual apresenta uma perspectiva nova na investigação do fenómeno da Gaguez: a antropológica. A perspectiva que normalmente preside o estudo da gaguez é a biomédica, que a vê como uma alteração ou disfunção da linguagem. Orientação que fracassa, na opinião do autor, porque os problemas da fala são um fenómeno complexo, que ultrapassa o poder explicativo das ciências biomédicas e, em particular da psicologia, medicina ou da terapia da fala. Zamora contrapõe com uma visão psicossocial defendendo que as pessoas com gaguez devem “sair cá para fora “numa lógica de afirmação identitária com base na diferença.

11:00 – 11:30 - Debate
11:30 - Coffee-break
12:00 – 13:15 – Mesa Redonda: A Gaguez: da negação à afirmação
Nesta sessão serão partilhados testemunhos e vivências de pessoas com gaguez que vivenciaram o processo de terapia da fala e passaram de uma situação de negação da dificuldade para a sua afirmação.
13:15- 14:30 – Almoço (oferecido pela organização)
14:30 – 15:45 – Mesa Redonda: A propósito do filme “O Discurso do Rei”
“O Discurso do Rei” conta a história verídica do Duque de York, príncipe gago e futuro Jorge VI de Inglaterra e de como este venceu a sua gaguez, ultrapassando as suas indecisões e limitações para se tornar rei de Inglaterra. O “Discurso do Rei” apresenta um argumento em que a generalidade dos gagos se revê, tanto pela magnífica forma como o filme revela o sofrimento silencioso e escondido de uma pessoa que gagueja, nas suas ansiedades e dificuldades, como pela forma como coloca uma dificuldade que tantas vezes marginaliza numa figura que personifica e incorpora o poder, um Rei. Como tal, este filme servirá de ponto de partida para uma discussão alargada sobre a Gaguez, os problemas a ela associados, estratégias de enfrentamento da dificuldade, entre outras.

15:45 – 17:00 – Mesa redonda: A gaguez e a investigação científica
Esta sessão procurará discutir o panorama da investigação científica em Portugal e Espanha ao nível da gaguez, analisando o trabalho realizado e procurando traçar potenciais novos rumos. Junta para tal investigadores das diversas áreas disciplinares que poderão dar um importante contributo.
17:00 - Sessão de Encerramento

Inscrições
(inclui almoço, coffee-break e documentação)
Sócios da APG e familiares directos – 10 euros
Estudantes - 25 euros
Profissionais e outros interessados - 30 euros
Inscrições até 17 de Outubro, através de: *
Email: gaguez@sapo.pt
No site da APG: http://www.gaguez-apg.com/
Por fax: 239501472
Por carta:
V Jornadas sobre Gaguez
Apartado 24
3130-909 Soure

* Nota: as inscrições feitas depois de 17 de Outubro terão um acréscimo de 5.00€

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum